OS NOVOS RUMOS DA COMUNICAÇÃO: A EXPERIÊNCIA DAS MARCAS NA COMIC CON EXPERIENCE

Vinicius Silva Coelho, Gustavo Coutinho Brito, Carine da Silva Cardoso, Victor Reis Mazzei

Resumo


O objetivo desse estudo é compreender como a Comic Con Experience[1] se estabelece como um ambiente propício para que marcas se comuniquem e criem laços com seu público-alvo, graças à experiência e aos valores sentimentais que o espetáculo proporciona aos frequentadores do evento. Esse trabalho aborda possibilidades alternativas de comunicação de marcas com o mercado, sobretudo o de nichos, e também a necessidade de as marcas buscarem outras possibilidades além da mídia tradicional, para atingirem seu público alvo. Para tal, foi realizada uma pesquisa qualitativa, por meio de entrevistas roteirizadas, com duas pessoas que já foram à Comic Con Experience e com alguns responsáveis por empresas que já participaram do evento. Foi feita também uma análise de dados secundários referentes ao evento, por meio de matérias de sites relacionadas à Comic Con Experience. Os principais referenciais teóricos foram o conceito das novas arenas da comunicação com o mercado, de Gracioso (2008); branded content, de Crescitelli; Shimp (2012) e Helena; Pinheiro (2012) e a teoria da Cauda Longa, de Anderson (2006).


[1] Convenção anual sobre quadrinhos, games, música, cinema e séries.


Texto completo:

PDF

Referências


AGOSTINHO, Pedro F. L. Marketing de experiências: Comunicar Emoções e Sensações Através de Experiências de Consumo: Caso Biosotis. Coimbra. 2013.

ALVES, Daniele de Castro. Branded Content: interação, publicidade e entretenimento na experiência com a marca. Rio de Janeiro, RJ, 2016.

ANDERSON, Chris. A Cauda Longa: do mercado de massa para o mercado de nicho / Chris Anderson: tradução: Afonso Celso da Cunha Serra - Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

ARAÚJO, Ricardo S. Uma nova definição para o termo Nerd/Geek: o surgimento de novas identidades. Salvador. [2015]

BASILIO, André Leão. Marketing do entretenimento um panorama do mercado de eventos culturais (shows e espetáculos musicais) da região metropolitana da Grande Vitória: André Leão Basilio; orientação Evandro Campos. Vitória, ES, 2011. 62 p. Monografia (Conclusão do Curso de Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda) - Unidade de Comunicação Social, AEV/FAESA, Vitória,2011.

BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo: transformando as pessoas em mercadoria/ Zygmunt Bauman: tradução: Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

BITTAR, Lorena. Marketing: A busca da identidade. GV Executivo, Vol. 4. 2006

CATRACA LIVRE. 10 curiosidades que você não sabia sobre a CCXP. 2017. Disponível em: . Acesso em: 9 de jun. 2018.

CRESCITELLI, Edson; SHIMP, Terence A. Comunicação de marketing: integrando propaganda, promoção e outras formas de divulgação. Tradução: Martha Malvezzi Leal – Cengane Learning, 2012.

DIÁRIO DO COMÉRCIO. Na onda da cultura geek: como o Omelete cresceu / Igor Rufino, 2015. Disponível em: . Acesso em: 28 de set. 2017.

GIL, Antônio C. Como elaborar projetos de pesquisa / Antonio Carlos Gil – 4 ed. - São Paulo: Atlas. 2002.

GRACIOSO, Francisco. As novas arenas de comunicação com o mercado / Francisco Gracioso (organizador) – São Paulo: Atlas. 2008.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade / Stuart Hall; tradução: Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro – 7. ed. – Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

HELENA, Raul Santa; PINHEIRO, Antonio Jorge Alaby. Muito além do merchan!: como enfrentar o desafio de envolver novas gerações de consumidores / Raul Santa Helena, Antonio Jorge Alaby Pinheiro - Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

KOTLER, Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SETIAWAN, Iwan. Marketing 3.0: as forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano / Philip Kotler, Hermawan Kartajaya, Iwan Setiawan; tradução: Ana Beatriz Rodrigues – Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin L. Administração de Marketing / Philip Kotler, Kevin Lane Keller; tradução: Mônica Rosenberg, Cláudia Freire, Brasil Ramos Fernandes – 12 ed. – São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

MATOS, Patrícia. O nerd virou cool: identidade, consumo midiático e capital simbólico em uma cultura juvenil em ascensão. Rio de Janeiro. 2011.

MULTIVERSO GEEK. Comic Con: a origem do maior evento nerd do mundo / Max Souzedo, 2014. Disponível em: . Acesso em: 27 de set. 2017.

NERDTRIP. San Diego Comic Con: saiba tudo sobre a história do evento e suas novidades da edição 2017! / Igor Souza, 2017. Disponível em: . Acesso em: 28 de set. 2017.

POLTRONA NERD. Riachuelo terá loja exclusiva com produtos licenciados na CCXP. / Wellington Ricelli, 2016. Disponível em: . Acesso em: 11 de jun. 2018.

PUBLISH NEWS. Crônicas da CCXP: entendendo a cultura pop e os números do entretenimento / Silvio Alexandre, 2016. Disponível em: . Acesso em: 29 de set. 2017.

SLATER, Don. Cultura do consumo & modernidade / Don Slater; tradução: Dinah de Abreu Azevedo – São Paulo: Nobel. 2002.

VITAMINA NERD. Comic Com Experience 2016 – A História / Rogério Montanare, 2016. Disponível em: . Acesso em: 27 de set. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.